Continua o conto de fadas de Ricardo Santos

Ricardo Santos segurou-se ontem no topo do Qatar Masters, do European Tour, apesar de uma volta (70, -2) cinco pancadas pior do que a da véspera (65, -7). O português tem agora um agregado de -9 e a companhia de três adversários no primeiro lugar ex-aequo: Marcus Fraser (Austrália) e as superestrelas Sergio García (Espanha) e Martin Kaymer (Alemanha), este ex-número 1 do mundo. “Bati muito bem na bola e estou contente com o meu resultado”, disse o Santos, citado pelas agências internacionais. “Esta tarde havia bastante mais vento do que de manhã. Por exemplo, no 16 nem se conseguia chegar ao green com o tee shot. Era uma grande diferença em relação a ontem.” Falharam o cut homens como Thomas Levet, Soren Kjeldsen, Retief Goosen, Jeev Milkha Singh, Paul McGinley ou Colin Montgomerie, entre outros monstros sagrados.

Deixar um comentário