Saint Andrews: o berço de de uma tradição

De acordo com os registos oficiais, foi fundado apenas em 1574, o que o torna apenas no quinto campo mais antigo da Escócia (e do mundo). Documentos históricos, porém, demonstram que o rei Henrique IV comprou aqueles terrenos em 1552, com o intuito de ali praticar golfe – e, como era importante para o historicismo em que assenta a nossa civilização escolher “a casa” da modalidade, Saint Andrews ganhou vantagem. Ali, tal como um muçulmano tem de ir a Meca, tem um golfista de ir ao menos uma vez na vida. Ao todo, são sete campos, correspondentes a 126 buracos. Mas a estrela da companhia, naturalmente, é o Old Course, onde de cinco em cinco anos se joga o British Open – e, aliás, se realizam ainda outros onze campeonatos internacionais, profissionais e amadores. Os greenfees são de preço acessível (€ 78). O problema é conseguir arranjá-los. O ideal é fazer a inscrição no Saint Andrews Link Trust (contactos em baixo) com pelo menos um ano de antecedência. Se estiver pela Escócia e quiser fazer um desvio, porém, pode sempre inscrever-se logo pela manhã, na própria club-house, no sorteio de vagas disponíveis. Costuma haver umas 50 por dia. Pode ser que tenha sorte. E, depois, é só tentar bater as 63 pancadas que ali fez Rory McIlroy, o actual detentor do recorde do campo…/J.N.

SAINT ANDREWS GOLF LINKS

SITUAÇÃO: Saint Andrews, Fife (Escócia)

INAUGURAÇÃO: 1552

ARQUITECTO: desconhecido

FICHA TÉCNICA: 126 buracos (7 campos)

MAIS INFORMAÇÕES: www.standrews.org.uk; +44.1334.466.666;  enquiries@standrews.org.uk

Deixar um comentário