Ricardo Santos evita dramatizar

“Foi pena”, diz Ricardo Santos. O português seguiu com alguma expectativa o WGC-Accenture Match Play Championship, na esperança de poder estrear-se na próxima semana em torneios dos World Golf Championships, mas não ficou surpreendido por os resultados o terem atirado para fora do top10 europeu e da lista de qualificados para o WGC-Cadillac Championship, como aliás já deixara claro em entrevista exclusiva a TUDO SOBRE GOLFE. De resto, fica-lhe o alívio de ter dado tudo para chegar ao torneio do Doral. “Mesmo que tivesse terminado em quinto lugar isolado na última semana, ficaria de fora. Por isso, há que trabalhar mais para um dia poder ter a sorte de jogar.”

Deixar um comentário