Os 23 melhores golfistas de sempre

Jack Nicklaus, Tiger Woods e Walter Hagen. Patty Berg, Mickey Wright, Louise Suggs. Sãos os 23 jogadores e jogadoras com melhor currículo nos major championships. Se queremos mesmo eleger os melhores jogadores de sempre, então há que começar pelos que ganharam os melhores torneios./JOEL NETO

 

JACK NICKLAUS: Norte-americano, 18 majors

Reconhecido por: ter ganho 18 major championships, recorde até hoje nunca igualado

Nome: Jack William Nicklaus

Alcunha: “The Golden Bear”

Nascimento: 21 de Janeiro de 1940, em Columbus, Ohio, EUA

Actividade como profissional: 1971-2005

Vitórias como profissional: 115

Vitórias em torneios do Grand Slam: 18 (The Masters 1963, 1965, 1966, 1972, 1975 e 1986; US Open 1962, 1967, 1972 e 1980; British Open 1966, 1970 e 1978; PGA Championship 1963, 1971, 1973, 1975 e 1980)

Desempenho na Ryder Cup: 6 participações, 28 jogos, 18,5 pontos; 2 participações como capitão (1983, vitória; 1987, derrota)

Outras vitórias, distinções e homenagens: introduzido no Golf Hall of Fame em 1974; Jogador do Ano do PGA Tour em 1967, 1972, 1973, 1975 e 1976; vencedor da Money List do PGA Tour em 1964, 1965, 1967, 1971, 1972, 1973, 1975 e 1976; vencedor dos prémios Bob Jones Award em 1975, Payne Stewart Award em 2000 e PGA Tour Lifetime Achievement Award em 2008, entre dezenas de outros

PATTY BERG: Norte-americana, 15 majors

Reconhecida por: ter ganho 15 major championships, recorde até hoje nunca igualado por outra mulher

Nome: Patricia Jane Berg

Alcunha: “Patty”

Nascimento: 13 de Fevereiro de 1918, em Minneapolis, Minnesota, EUA (morte: 10 de Setembro de 2006, em Fort Myers, Flórida, EUA)

Actividade como profissional: 1940-2006 (actividade muito reduzida a partir de 1978)

Vitórias como profissional: 63

Vitórias em torneios do Grand Slam: 15 (Western Open 1941, 1943, 1948, 1951, 1955, 1957 e 1958; Titleholders Championship 1937, 1938, 1939, 1948, 1953, 1955 e 1957; US Women’s Open 1946)

Desempenho na Solheim Cup:

Outras vitórias, distinções e homenagens: introduzido no Golf Hall of Fame em 1951; vencedora da Money List do LPGA Tour em 1954, 1955 e 1957, 1967, 1971, 1972, 1973, 1975 e 1976; vencedora do prémio LPGA Vare Trophy em 1953, 1955 e 1956; eleita Atleta Feminina do Ano pela Associated Press em 1938, 1943 e 1955, entre outros prémios e distinções

TIGER WOODS: Norte-americano, 14 majors

Reconhecido por: ser talvez o melhor que alguma vez pisou o verde, dominando a modalidade numa era de enorme desenvolvimento técnico e geográfico

Nome: Eldrick Tont Woods

Alcunha: “Tiger”

Nascimento: 30 de Dezembro de 1975, em Cypress, Califórnia, EUA

Actividade como profissional: 1996-?

Vitórias como profissional: 97

Vitórias em torneios do Grand Slam: 14 (The Masters 1997, 2001, 2002 e 2005; US Open 2000, 2002 e 2008; British Open 2000, 2005 e 2006; PGA Championship 1999, 2000, 2006 e 2007)

Desempenho na Ryder Cup: 6 participações, 29 jogos, 14 pontos

Outras vitórias, distinções e homenagens: vencedor da FedEx Cup em 2007 e 2009; vencedor da Money List do PGSA Tour em 1997, 1999, 2000, 2001, 2002, 2005, 2006, 2007 e 2009; Jogador do Ano do PGA Tour em 1997, 1999, 2000, 2001, 2002, 2003, 2005, 2006, 2007 e 2009; Rookie do Ano do PGA Tour em 1996; vencedor dos prémios Vardon Trophy  em 1999, 2000, 2001, 2002, 2003, 2005, 2007 e 2009 e Byron Nelson Award em 1999, 2000, 2001, 2002, 2003, 2005, 2006, 2007 e 2009, entre dezenas de outros

 

MICHEY WRIGHT: Norte-americana, 13 majors

Reconhecida por: ter ganho 13 major championships, segunda melhor marca da história, e outras 78 competições em apenas 15 anos de actividade profissional

Nome: Mary Kathryn Wright

Alcunha: “Mickey”

Nascimento: 14 de Fevereiro de 1935, em São Diego, Califórnia, EUA

Actividade como profissional: 1954-1969

Vitórias como profissional: 91

Vitórias em torneios do Grand Slam: 13 (Western Open 1962, 1963 e 1966; Titleholders Championship 1961 e 1962; LPGA Championship 1958, 1960, 1961 e 1963; US Women’s Open 1958, 1959, 1961 e 1964)

Desempenho na Solheim Cup:

Outras vitórias, distinções e homenagens: introduzido no Golf Hall of Fame em 1964; vencedora da Money List do LPGA Tour em 1961, 1962, 1963 e 1964; vencedora do prémio LPGA Vare Trophy em 1960, 1961, 1962, 1963 e 1964; eleita Atleta Feminina do Ano pela Associated Press em 1963 e 1964, entre outros prémios e distinções

WALTER HAGEN: Norte-americano, 11 majors

Reconhecida por: ter ganho 13 major championships, segunda melhor marca da história, e outras 78 competições em apenas quinze anos de actividade profissional

Nome: Eldrick Tont Woods

Alcunha: “Sir Walter” “The Haig”

Nascimento: 21 de Dezembro de 1892, em Rochester, Nova Iorque, EUA (morte: 6 de Outubro de 1969, em Traverse City, Michigan, EUA)

Actividade como profissional: 1912-1969 (actividade muito reduzida a partir de 1942)

Vitórias como profissional: 52

Vitórias em torneios do Grand Slam: 11 (US Open 1914 e 1919; British Open 1922, 1924, 1928 e 1929; PGA Championship 1921, 1924, 1925, 1926 e 1927)

Desempenho na Ryder Cup: 5 participações, 9 jogos, 7,5 pontos; 6 participações como capitão (1927, 1931, 1935 e 1937, vitórias; 1929 e 1933, derrotas)

Outras vitórias, distinções e homenagens: introduzido no Golf Hall of Fame em 1974, entre outros prémios e distinções

 

LOUISE SUGGS: Norte-americana, 11 majors

Reconhecida por: ter ganho 11 major championships, segunda melhor marca da história, e outras 49 competições em apenas 14 anos de actividade profissional

Nome: Mae Louise Suggs

Alcunha:

Nascimento: 7 de Setembro de 1923, em Atlanta, Geórgia, EUA

Actividade como profissional: 1948-1962

Vitórias como profissional: 60

Vitórias em torneios do Grand Slam: 11 (Western Open 1946, 1947, 1949 e 1953; Titleholders Championship 1946, 1954, 1956 e 1959; LPGA Championship 1957; US Women’s Open 1949 e 1952)

Desempenho na Solheim Cup:

Outras vitórias, distinções e homenagens: introduzido no Golf Hall of Fame em 1951; vencedora da Money List do LPGA Tour em 1953 e 1960; vencedora do prémio LPGA Vare Trophy em 1957, entre outros prémios e distinções

ANNIKA SÖRENSTAM: Sueca, 10 majors

Reconhecida por: ser talvez a versão feminina de Tiger Woods – a melhor que alguma vez pisou o verde, dominando a modalidade numa era de enorme desenvolvimento técnico e geográfico

Nome: Annika Sörenstam

Alcunha:

Nascimento: 9 de Outubro de 1970, em Bro, Suécia

Actividade como profissional: 1992-2008

Vitórias como profissional: 93

Vitórias em torneios do Grand Slam: 10 (Kraft Nabisco Championship 2001, 2002 e 2005; LPGA Championship 2003, 2004 e 2005; US Women’s Open 1995, 1996 e 2006; Women’s British Open 2003)

Desempenho na Solheim Cup: 8 participações, 24 pontos

Outras vitórias, distinções e homenagens: introduzido no Golf Hall of Fame em 2003; Jogadora do Ano do LPGA Tour em 1995, 1997, 1998, 2001, 2002, 2003, 2004, 2005; vencedora da Money List do LPGA Tour em 1995, 1997, 1998, 2001, 2002, 2003, 2004 e 2005; Jogadora do Ano do Ladies European Tour em 1995 e 2002; vencedora da Ordem de Mérito do Ladies European Tour em 1995; Rookie of the Year do LPGA Tour em 1994; Rookie Of The Yeard do Ladies European Tour em 1993; vencedora do prémio LPGA Vare Trophy em 1995, 1996, 1998, 2001, 2002 e 2005, entre outros prémios e distinções

 

BABE ZAHARIAS: Norte-americana, 10 majors

Reconhecida por: ter atingido um estrondoso sucesso no golfe em apenas nove anos como profissional, depois de ter garantido dezenas de títulos no basquetebol e no atletismo

Nome: Mildred Ella Didrikson Zaharias

Alcunha: “Babe”

Nascimento: 26 de Junho de 1911, em Port Arthur, Texas, EUA (morte: 27 de Setembro de 1956, em Galveston, Texas, EUA)

Actividade como profissional: 1947-1956

Vitórias como profissional: 48

Vitórias em torneios do Grand Slam: 10 (Western Open 1940, 1944, 1945 e 1950; Titleholders Championship 1947, 1950, 1952; US Women’s Open 1948, 1950 e 1954)

Desempenho na Solheim Cup: 8 participações, 24 pontos

Outras vitórias, distinções e homenagens: introduzido no Golf Hall of Fame em 1951; vencedora da Money List do LPGA Tour em 1950 e 1951; vencedora do prémio LPGA Vare Trophy em 1954; eleita Atleta Feminina do Ano pela Associated Press em 1945, 1946, 1947, 1950 e 1954, entre outros prémios e distinções

GARY PLAYER: Sul-africano, 9 majors

Reconhecido por: ter sido o primeiro jogador do “resto do mundo” (exceptuando a Europa e os EUA, portanto) a intrometer-se no domínio global da modalidade

Nome: Gary Player

Alcunha: “The Black Night”

Nascimento: 21 de Novembro de 1935, em Joanesburgo, África do Sul

Actividade como profissional: 1953-? (actividade muito reduzida desde 2009)

Vitórias como profissional: 165

Vitórias em torneios do Grand Slam: 9 (The Masters 1961, 1974 e 1978; US Open 1965; British Open 1959, 1968 e 1974; PGA Championship 1962 e 1972)

Desempenho na Ryder Cup: não aplicável

Outras vitórias, distinções e homenagens: introduzido no Golf Hall of Fame em 1974; vencedor da Money List do PGA Tour em 1961; vencedor da Ordem de Mérito do Sunshine Tour em 1976-77 e 1979-80; vencedor do prémio Payne Stewart Award em 2006, entre dezenas de outros

 

BEN HOGAN: Norte-americano, 9 majors

Reconhecido por: ter criado a figura do golfista atlético e compenetrado, dominando o golfe mundial na transição para a era das estrelas pop

Nome: William Ben Hogan

Alcunha: “The Hawk”, “Bantam Ben”, “The Wee Iceman”

Nascimento: 13 de Agosto de 1912, em Stephenville, Texas, EUA (morte: 25 de Julho de 1997, em Fort Worth, Texas, EUA)

Actividade como profissional: 1930-1971

Vitórias como profissional: 68

Vitórias em torneios do Grand Slam: 9 (The Masters 1951 e 1953; US Open 1948, 1950, 1951 e 1953; British Open 1953; PGA Championship 1946 e 1948)

Desempenho na Ryder Cup: 2 participações, 3 jogos, 3 pontos

Outras vitórias, distinções e homenagens: introduzido no Golf Hall of Fame em 1974; Jogador do Ano do PGA Tour em 1948, 1950, 1951 e 1953; vencedor da Money List do PGA Tour em 1940, 1941, 1942, 1946 e 1948; vencedor do prémio Vardon Trophy em 1940 e 1941; eleito Atleta Masculino do Ano pela Associated Press em 1953, entre dezenas de outros prémios e distinções

TOM WATSON: Norte-americano, 8 majors

Reconhecido por: ter conseguido um desempenho superlativo em majors championships, quase vencendo o nono aos 59 anos (British Open de 2009, perdido no playoff)

Nome: Thomas Sturges Watson

Alcunha: “Major Tom”

Nascimento: 4 de Setembro de 1949, em Kansas City, Missouri, EUA

Actividade como profissional: 1971-?

Vitórias como profissional: 70

Vitórias em torneios do Grand Slam: 18 (The Masters 1977 e 1981; US Open 1982; British Open 1975, 1977, 1980, 1982 e 1983)

Desempenho na Ryder Cup: 4 participações, 15 jogos, 10,5 pontos; 1 participação como capitão (1993, vitória)

Outras vitórias, distinções e homenagens: introduzido no Golf Hall of Fame em 1988; Jogador do Ano do PGA Tour em 1977, 1978, 1979, 1980, 1982 e 1984; vencedor da Money List do PGA Tour em 1977, 1978, 1979, 1980 e 1984; vencedor dos prémios Vardon Trophy em 1977, 1978 e 1979, Bob Jones Award 1987, Payne Stewart Award 2003 e Old Tom Morris Award 1992, entre dezenas de outros

 

ARNOLD PALMER: Norte-americano, 7 majors

Reconhecido por: ter sido a primeira grande estrela pop da modalidade, tornando a figura do golfista incontornável na cultura mainstream norte-americana

Nome: Arnold Daniel Palmer

Alcunha: “The King”

Nascimento: 10 de Setembro de 1929, em Latrobe, Pensilvânia, EUA

Actividade como profissional: 1954-2006

Vitórias como profissional: 95

Vitórias em torneios do Grand Slam: 7(The Masters 1958, 1960, 1962 e 1964; US Open 1960; British Open 1961 e 1962)

Desempenho na Ryder Cup: 6 participações, 32 jogos, 23 pontos; 2 participações como capitão (1963 e 1975, vitórias)

Outras vitórias, distinções e homenagens: introduzido no Golf Hall of Fame em 1974; Jogador do Ano do PGA Tour em 1960 e 1962; vencedor da Money List do PGA Tour em 1958, 1960 e 1962, 1963; vencedor dos prémios Vardon Trophy em 1961, 1962, 1964 e 1967, Old Tom Morris Award em 1983, Payne Stewart Award em 2000 e PGA Tour Lifetime Achievement Award em 1998; eleito Desportista do Ano pela Sports Illustrated em 1960, entre dezenas de outros prémios e distinções

SAM SNEAD: Norte-americano, 7 majors

Reconhecido por: ter conseguido praticar talvez o melhor swing de sempre, vencendo com ele mais competições profissionais do que qualquer outro ao longo da história

Nome: Samuel Jackson Snead

Alcunha: “Slammin’ Sammy”

Nascimento: 27 de Maio de 1912, em Ashwood, Virgínia, EUA (morte: 23 de Maio de 2002, em Hot Springs, Virgínia, EUA)

Actividade como profissional: 1934-1987

Vitórias como profissional: 165

Vitórias em torneios do Grand Slam: 7 (The Masters 1949, 1952 e 1954; British Open 1946; PGA Championship 1942, 1949 e 1951)

Desempenho na Ryder Cup: 7 participações, 13 jogos, 10,5 pontos; 3 participações como capitão (1951, 1959 e 1969, vitórias)

Outras vitórias, distinções e homenagens: introduzido no Golf Hall of Fame em 1974; Jogador do Ano do PGA Tour em 1949; vencedor da Money List do PGA Tour em 1938, 1949 e 1950; vencedor dos prémios Vardon Trophy em 1938, 1949, 1950 e 1955 e PGA Tour Lifetime Achievement Award em 1998

GENE SARAZEN: Norte-americano, 7 majors

Reconhecido por: ter ganho uma porção de majors championships inesquecíveis, incluindo o The Masters de 1935, com um albatroz no buraco 15

Nome: Eugenio Saraceni

Alcunha: “The Squire”

Nascimento: 27 de Fevereiro de 1902, em Harrison, Nova Iorque, EUA (morte: 13 de Maio de 1999, em Naples, Flórida, EUA)

Actividade como profissional: 1920-1999 (actividade muito reduzida a partir de 1976)

Vitórias como profissional: 43

Vitórias em torneios do Grand Slam: 18 (The Masters 1935; US Open 1922 e 1932; British Open 1932; PGA Championship 1922, 1923 e 1933)

Desempenho na Ryder Cup: 6 participações, 12 jogos, 8,5 pontos

Outras vitórias, distinções e homenagens: introduzido no Golf Hall of Fame em 1974; vencedor dos prémios Bob Jones Award em 1992 e PGA Tour Lifetime Achievement Award em 1996; eleito Atleta Masculino do Ano pela Associated Press em 1932, entre outros prémios e distinções

BOBBY JONES: Norte-americano, 7 majors

Reconhecido por: ter sido o melhor jogador amador de sempre, chegando a dominar o golfe entre os profissionais (e, já agora, por ter fundado o Augusta National GC também)

Nome: Robert Tyre Jones Jr.

Alcunha: “Bobby”

Nascimento: 17 de Março de 1902, em Atlanta, Geórgia, EUA (morte: 18 de Dezembro de 1971, Atlanta, Geórgia, EUA)

Actividade como profissional: não aplicável (amador)

Vitórias como profissional: não aplicável (amador)*

Vitórias em torneios do Grand Slam: 7 (US Open 1923, 1926, 1929 e 1930; British Open 1926, 1927 e 1930)

Desempenho na Ryder Cup: não aplicável (amador)

Outras vitórias, distinções e homenagens: introduzido no Golf Hall of Fame em 1974; vencedor do prémio James E. Sullivan Award em 1930, entre de outros

 

HARRY VARDON: Norte-americano, 7 majors

Reconhecido por: ter forçado um reconhecimento digno da carreira de profissional de golfe (e, já agora, por ter inventado a chamada Vardon Grip)

Nome: Harry Vardon

Alcunha: nenhuma

Nascimento: 9 de Maio de 1970, em Grouville, Ilha de Jersey, Ilhas do Canal (morte: 20 de Março de 1937, em Totteridge, Hertfordshire, Inglaterra)

Actividade como profissional: 1980-1937 (actividade muito reduzida a partir de 1929)

Vitórias como profissional: não contabilizadas

Vitórias em torneios do Grand Slam: 7 (US Open 1900; British Open 1896, 1898, 1899, 1903, 1911 e 1914)

Desempenho na Ryder Cup:

Outras vitórias, distinções e homenagens: introduzido no Golf Hall of Fame em 1974, entre outros prémios e distinções

NICK FALDO: Inglês, 6 majors

Reconhecido por: ter dominado o golfe mundial entre as eras de Severiano Ballesteros e Tiger Woods

Nome: Nicholas Alexander Faldo

Alcunha: “Nick”

Nascimento: 18 de Julho de 1957, em Welwyn Garden City, Hertfordshire, Inglaterra

Actividade como profissional: 1976-? (actividade reduzida desde 2001)

Vitórias como profissional: 43

Vitórias em torneios do Grand Slam: 6 (The Masters 1989, 1990 e 1996; British Open 1987, 1990 e 1992)

Desempenho na Ryder Cup: 11 participações (recorde europeu), 46 jogos (recorde absoluto), 25 pontos (recorde absoluto); 1 participação como capitão (2008, derrota)

Outras vitórias, distinções e homenagens: introduzido no Golf Hall of Fame em 1997; vencedor da Ordem de Mérito do European Tour em 1983 e 1992; Jogador do Ano do European Tour em 1989, 1990 e 1992; Jogador do Ano do PGA Tour em 1990; Rookie do Ano do European Tour em 1977; nomeado Membro da Ordem do Império Britânico em 1998; eleito Personalidade do Ano pela BBC Sports em 1989, entre vários outros prémios e distinções

LEE TREVINO: Norte-americano, 6 majors

Reconhecido por: ter-se tornado um ícone para as minorias étnicas norte-americanas, nomeadamente as de ascendência mexicana

Nome: Lee Buck Trevino

Alcunha: “The Merry Mex”, “Supermex”

Nascimento: 1 de Dezembro de 1939 , em Dallas, Texas, EUA

Actividade como profissional: 1960-?

Vitórias como profissional: 89

Vitórias em torneios do Grand Slam: 6 (US Open 1968 e 1971; British Open 1971 e 1972; PGA Championship 1974, 1984)

Desempenho na Ryder Cup: 6 participações, 30 jogos, 20 pontos; 1 participação como capitão (1985, derrota)

Outras vitórias, distinções e homenagens: introduzido no Golf Hall of Fame em 1981; Jogador do Ano do PGA Tour em 1971; vencedor da Money List do PGA Tour em 1970; vencedor dos prémios Vardon Trophy em 1970, 1971, 1972, 1974 e 1980 e Byron Nelson Award em 1980; eleito Desportista do Ano pela Sports Illustrated em 1971 e Atleta Masculino do Ano pela Associated Press em 1971, entre dezenas de outros prémios e distinções

 

BYRON NELSON: Norte-americano, 5 majors

Reconhecido por: ter ganho 11 torneios seguidos (recorde nunca igualado) e repartido com Sam Snead e Ben Hogan, igualmente nascidos em 1912 a chamada “Távola Redonda do Golfe”

Nome: John Byron Nelson, Jr.

Alcunha: “Lord Byron”

Nascimento: 4 de Fevereiro de 1912, em Waxahachie, Texas, EUA (morte: 26 de Setembro de 2006, em Roanoke, Texas, EUA)

Actividade como profissional: 1932-1946

Vitórias como profissional: 64

Vitórias em torneios do Grand Slam: 18 (The Masters 1937 e 1942; US Open 1939; PGA Championship 1940 e 1945)

Desempenho na Ryder Cup: 2 participações, 4 jogos, 3 pontos; 1 participação como capitão (1965, vitória)

Outras vitórias, distinções e homenagens: introduzido no Golf Hall of Fame em 1974; vencedor da Money List do PGA Tour em 1944 e 1945; vencedor dos prémios Vardon Trophy em 1939, Payne Stewart Award em 2000 e PGA Tour Lifetime Achievement Award em 1997; eleito Atleta Masculino do Ano pela Associated Press em 1944 e 1945 e agraciado com a Medalha de Ouro do Congresso dos EUA em 2006, entre dezenas de outros prémios e distinções

 

SEVE BALLESTEROS: Espanhol, 5 majors

Reconhecido por: ter-se transformado na primeira estrela pop europeia da modalidade, importando o modelo de Arnold Palmer (e, já agora, por ter liderado a revolta europeia no ataque às Ryder Cup)

Nome: Severiano Ballesteros Sota

Alcunha: “Seve”, “El Matador”

Nascimento: 9 de Abril de 1957, em Pedreña, Cantabria, Espanha (morte: 7 de Maio de 2001, em Pedreña, Cantabria, Espanha)

Actividade como profissional: 1974-2007

Vitórias como profissional: 91

Vitórias em torneios do Grand Slam: 18 (The Masters 1980 e 1983; British Open 1979, 1984 e 1988)

Desempenho na Ryder Cup: 8 participações, 37 jogos, 22,5 pontos; 1 participação como capitão (1997, vitória)

Outras vitórias, distinções e homenagens: introduzido no Golf Hall of Fame em 1999; Jogador do Ano do European Tour em 1986, 1988 e 1991; vencedor da Ordem de Mérito do European Tour em 1976, 1977, 1978, 1986 e 1988, 1991, entre dezenas de outros prémios e distinções

 

JAMES BRAID: Escocês, 5 majors

Reconhecido por: ter feito parte, com Harry Vardon e John Henry Taylor, do chamado “Grande Triunvirato” da modalidade (e, já agora, por ter ajudado a desenvolver a figura do arquitecto de golfe)

Nome: James Braid

Alcunha:

Nascimento: 6 de Fevereiro de 1870, em Earlsferry, Fife, Escócia (morte: 27 de Novembro de 1950, em Londres, Inglaterra)

Actividade como profissional: não quantificada

Vitórias como profissional: 15

Vitórias em torneios do Grand Slam: 5 (British Open 1901, 1905, 1906, 1908 e 1910)

Desempenho na Ryder Cup:

Outras vitórias, distinções e homenagens: introduzido no Golf Hall of Fame em 1976

 

JOHN HENRY TAYLOR: Inglês, 5 majors

Reconhecido por: ter feito parte, com Harry Vardon e James Braid, do chamado “Grande Triunvirato” da modalidade (e, já agora, por ter ajudado a desenvolver a figura do arquitecto de golfe)

Nome: John Henry Taylor

Alcunha:

Nascimento: 17 de Março de 1871, em Northam, Devon, Inglaterra (morte: 10 de Fevereiro de 1963, em Northam, Devon, Inglaterra)

Actividade como profissional: 1890-1946

Vitórias como profissional: não contabilizadas

Vitórias em torneios do Grand Slam: 5 (British Open 1894, 1895, 1900, 1909 e 1913)

Desempenho na Ryder Cup: 1 participação como capitão (1933, vitória)

Outras vitórias, distinções e homenagens: introduzido no Golf Hall of Fame em 1975

 

PETER THOMSON: Australiano, 5 majors

Reconhecido por: ter ganho três edições consecutivas do British Open (e outras duas mais tarde)

Nome: Peter William Thomson

Alcunha:

Nascimento: 23 de Agosto de 1929, em Brunswick, Melbourne, Austrália

Actividade como profissional: 1947-? (actividade muito reduzida desde 1986)

Vitórias como profissional: 82

Vitórias em torneios do Grand Slam: 5 (British Open 1954, 1955, 1956, 1958 e 1965)

Desempenho na Ryder Cup: não aplicável

Outras vitórias, distinções e homenagens: introduzido no Golf Hall of Fame em 1988; vencedor do prémio Arnold Palmer Award em 1986, entre outros prémios e distinções

Deixar um comentário