Adam Scott acaba com a maldição

MASTERS >> Foi preciso esperar 79 anos. Depois do segundo lugar em 2011 e da derrocada emocional no British Open de 2012, Adam Scott resistiu a um empate tardio de Ángel Cabrera para ganhar o primeiro Masters para a Austrália

Foi um dos melhores majors dos últimos tempos. Rory McIloroy ainda procura a melhor forma e Tiger Woods, apesar de sempre na orla da liderança, acabou por não conseguir suplantar a penalização da segunda ronda, recebida após um mau drop na sequência de um shot que fez ricochete na bandeira e caiu na água. Mas, no fim, a emoção do playoff entre Adam Scott e Ángel Cabrera, ambos qualificados para o desempate após birdies no difícil buraco 18, resgataram quatro dias de altos e baixos – e a circunstância de ter enfim ganho um australiano, após 79 anos de espera (e quase uma dezena de segundos lugares), acabou por constituir a chamada “cereja no topo do bolo”.

“Que dia incrível. Estou tão orgulhoso de mim próprio e de todos os que me ajudaram. Sou um australiano orgulhoso””, exultou Scott, 32 anos, há muitos anos o preferido das fãs do PGA Tour.

Em 2011, coubera-lhe o segundo lugar, a par do compatriota Jason Day, em mais uma das muitas dolorosas derrotas australianas em Augusta. No ano passado, no British Open, desperdiçara nos últimos buracos quatro pancadas de vantagem para tornar a perder (desta vez para Ernie Els) o seu prometido primeiro major. E só este domingo, enfim, corrigiu essa sucessão de equívocos históricos, num playoff com um Ángel Cabrera que, chegado ao torneio na 269ª posição mundial, tornou a demonstrar toda a resiliência que antes lhe ofereceu o US Open (2007) e o mesmo The Masters (2009).

Entre as boas e as más prestações, destacou-se o jovem chinês Guan Tianlang, de 14 anos, que acabou por ficar no 58º lugar final, com +12. Tianlang tornou-se na mesma semana o mais jovem jogador a disputar o Masters e a passar o respectivo cut. No fim, disse pretender voltar para a escola e sublinhou não ter ainda planos para se tornar profissional./Joel Neto

 

THE MASTERS TOURNAMENT

POS. JOGADOR       PAÍS RONDAS RES.

1       Adam Scott         Austrália    69 72 69 69         -9

2       Ángel Cabrera      Argentina   71 69 69 70         -9

3       Jason Day  Austrália    70 68 73 70         -7

T4     Tiger Woods        EUA 70 73 70 70         -5

T4     Marc Leishman   Austrália    66 73 72 72-5

T6     Thorbjorn Olesen Dinamarca  78 70 68 68         -4

T6     Brandt Snedeker  EUA 70 70 69 75         -4

T8     Sergio García       Espanha     66 76 73 70         -3

T8     Lee Westwood    Inglaterra    70 71 73 71         -3

T8     Matt Kuchar       EUA 68 75 69 73         -3

Deixar um comentário