Os 14 majors de Steve Williams

Steve Williams tem 50 anos, é caddie desde os dez e caddie profissional desde os 16. Ao longo dos anos, e para além de Tiger Woods e Adam Scott, trabalhou com uma série de outros ícones do golfe, incluindo os australianos Peter Thomson, Ian Baker-Finch e Greg Norman, bem como o norte-americano Raymong Floyd. O primeiro major que ganhou, porém, foi com Tiger: o PGA Championship de 1999, segundo título do californiamo no Grand Slam. E só domingo passado, com o triunfo de Adam Scott no Masters, as contas ficaram igualadas

Um caddie tem um papel tão importante como um jogador numa partida de golfe? Não. Mas uma vitória num major não é como uma partida de golfe: exige dezenas, mesmo centenas de decisões de que o homem do saco toma parte. Foi assim, mais uma vez, no Augusta National, na semana passada. “Não costumo a pedir ao Steve que me mostre muitas linhas”, contou Adam Scott, pouco depois da vitória. “Mas desta vez, no putt decisivo, tive de confiar apenas nele. Eu simplesmente não via nada, porque estava escuro e continuava a chover. Então, ele disse: ‘Olha que esta linha quebra mais do que pensas, Adam. Dois copos à direita, pelo menos.’ E eu respondi: ‘Dois copos? Então é isso mesmo que vou fazer.” Resultado: Scott não apenas ganhou o Masters Tournament, como foi o primeiro australiano a consegui-lo. De resto, o seu primeiro major foi o 14º de Steve Williams, que assim igualou finalmente Tiger Woods. Nascido há 50 anos em Wellington,  na Nova Zelândia, o caddie mais famoso do mundo dedica-se à actividade desde os dez. Aos treze, o pai conseguiu colocá-lo no saco do mítico Peter Thompson, durante um Open da Austrália. Foi um sucesso – e aos 16 já o rapaz se havia mudado para a Europa, para trabalhar a tempo inteiro no European Tour. Ao longo dos anos, e para além de Thompson, acompanhou vários outros ícones do gofle, como os também australianos Ian Baker-Finch e Greg Norman ou o norte-americano Raymong Floyd. Só em 1999, depois de substituir Mike Cowan no saco de Tiger Woods, porém, ganhou finalmente um major: o PGA Championship de 1999, segundo título do californiamo no Grand Slam. Mesmo não  passando de um caddie, tornou-se o profissional de desporto mais bem pago da Nova Zelândia. Mas continuou sempre um major aquém de Tiger, que acompanhou em 13 títulos no Grand Slam, mas não no primeiro: o Masters de 1997. Pois no domingo passado as contas ficaram saldadas. E, quanto à sua importância (ou falta dela) nesses títulos todos, a pergunta fica aí: teria Tiger sido penalizado em duas pancadas por um drop irregular, na segunda ronda do primeiro major da temporada, se Steve ainda estivesse ao seu lado?

 

OS MAJORS DE STEVE WILLIAMS

1999 – PGA Championship (com Tiger Woods)

2000 – US Open (com Tiger Woods)

2000 – British Open (com Tiger Woods)

2000 – PGA Championship (com Tiger Woods)

2001 – Masters Tournament (com Tiger Woods)

2002 – Masters Tournament (com Tiger Woods)

2002 – US Open  (com Tiger Woods)

2005 – Masters Tournament (com Tiger Woods)

2005 – British Open (com Tiger Woods)

2006 – British Open (com Tiger Woods)

2006 – PGA Championship (com Tiger Woods)

2007 – PGA Championship (com Tiger Woods)

2008 – US Open (com Tiger Woods)

2013 – Masters Tournament (com Adam Scott)

 

OS MAJORS DE TIGER WOODS          

1997 – Masters Tournament (com Mike Cowan)

1999 – PGA Championship (com Steve Williams)

2000 – US Open (com Steve Williams)

2000 – British Open (com Steve Williams)

2000 – PGA Championship (com Steve Williams)

2001 – Masters Tournament (com Steve Williams)

2002 – Masters Tournament (com Steve Williams)

2002 – US Open  (com Steve Williams)

2005 – Masters Tournament (com Steve Williams)

2005 – British Open (com Steve Williams)

2006 – British Open (com Steve Williams)

2006 – PGA Championship (com Steve Williams)

2007 – PGA Championship (com Steve Williams)

2008 – US Open (com Steve Williams)

Deixar um comentário