Salvador Costa Macedo campeão nacional de mid-amateurs

O jogador da Quinta do Peru venceu o Campeonato Nacional Mid-Amateur BPI no rescaldo de um grande duelo em Tróia com Rogério Brandão, de Vilamoura. Em senhoras, Ana Paula Saúde, do Estoril, revalidou o título.

Foram 58 os jogadores que participaram na prova masculina do Campeonato Nacional Mid-Amateur BPI, que decorreu este fim-de-semana no campo de Tróia. No fim das duas voltas, o melhor foi Salvador Costa Macedo, que já tinha vencido, o ano passado, em representação da Quinta do Peru, na versão por equipas desta prova. Passou a assim a ser o detentor dos dois títulos nacionais no escalão mid-amateur, individual e por clubes.

Costa Macedo concluiu a primeira volta com aquele que viria a ser o melhor resultado de todo o torneio – 73 pancadas –, o que lhe deu uma vantagem de quatro shots sobre um sexteto de jogadores com 77 pancadas composto por Rogério Brandão (Vilamoura), Paulo Barcelos (Ilha Terceira), Gonçalo Xavier (Benfica), Sérgio Pereira e Fernando Serpa (ambos da Aroeira) e André Roquette (Évora).

Na segunda volta assistiu-se a uma grande duelo entre Costa Macedo e Brandão. Após 13 buracos, os dois jogadores estavam empatados e as coisas só se decidiram no 18, quando o primeiro encerrou com o par e o segundo fez um duplo bogey. Contas feitas, Costa Macedo apresentou um segundo cartão com 78 e Brandão outro de 75. E, somando 151 pancadas, 7 acima do Par 72, deixou o seu rival à distância mínima.

O terceiro foi Leonel Neto, com 156, seguido de José Carretero (EB Golf Academy), com 158.

“Era um dos meus objectivos para este ano, ganhar o Nacional Individual Mid-Amateur. E, para mim, foi importante, porque se trata do meu primeiro título individual a nível nacional”, disse Salvador Costa Macedo, que se estreara na prova em 2012, então com um quarto lugar numa edição ganha por Ricardo Pessoa, que não foi a Tróia defender o troféu.

Em senhoras, com apenas três participantes, Ana Paula Saúde também liderou do princípio ao fim, vindo a ganhar com 168 pancadas (83-85), 24 acima do Par. Marta Lampreia Quinta do Peru), apesar de ter melhorado oito pancadas em relação ao primeiro dia, teve de se contentar com o segundo lugar, com 174 (91-83), o mesmo agregado de Deborah Mello (90-84), de Oitavos Dunes, que no entanto foi terceira.

Deixar um comentário