The Jockey Club: anatomia da errância

Não falta quem os identifique como as principais jóias da arquitectura de Alister MacKenzie, autor, entre outros campos míticos, do Augusta National ou, em Portugal, do açoriano campo das Furnas. Situados num clube exclusivíssimo, com actividade em todas as modalidades da preferência das elites (e fundado este em 1882), ficam a escassos 25 minutos da baixa de Buenos Aires e são considerados dois dos melhores campos de toda a América do Sul. Ali se disputaram duas edições da Taça do Mundo, ali se realizaram quase duas dezenas de edições do argentino Abierto da Republica e ali passam todos os grandes circuitos amadores sul-americanos. Os seus nomes: Colorada (ou Red Course) e Azul (ou Blue Course). No primeiro, uma pequena obra de escultura de MacKenzie, que construiu elevações e plantou árvores e embelezou à volta, obtiveram Roberto de Vicenzo e Ángel Cabrera alguns dos mais importantes recordes do golfe local. Os greenfees custam € 250, em qualquer dia da semana e sem possibilidade de descontos. Felizmente, há entre nós cada vez mais pacotes turísticos em conta para a Argentina…

THE JOCKEY CLUB

SITUAÇÃO: San Isidro, Buenos Aires (Argentina)

INAUGURAÇÃO: 1935

ARQUITECTO: Alister MacKenzie

FICHA TÉCNICA: 36 buracos

MAIS INFORMAÇÕES: www.jockeyclub.com.ar; +54.11.481.505.61; info@jockeyclub.org.ar

Deixar um comentário