As 12 vitórias de Tiger em 2000

Quem o diz é Johnny Miller, antigo campeão do US Open e do British Open, para além de um dos mais reputados comentadores do Golf Channel/CBS: as quatro vitórias obtidas nos primeiros quatro meses e meio da época podem indiciar que Tiger Woods está de regresso à forma de 2000. Ou seja, o ano em que ganhou por doze vezes, incluindo três majors…

Foi a melhor época alguma vez conseguida por um só jogador em toda a história da modalidade. No ano 2000, Tiger Woods ganhou três majors, feito apenas conseguido antes por Ben Hogan, iniciando com o US Open a sequência que viria a ficar conhecida por Tiger Slam. Mais: no PGA Tour, obteve um total de nove vitórias, das quais seis consecutivas (a primeira vez que tal coisa aconteceu desde 1948, já agora). Mas não ficou por aí: ainda deu um salto ao European Tour para ganhar  o Johnnie Walker Classic, outro à World Cup para juntar-se a David Duval e dar um título aos Estados Unidos e outro ainda ao PGA Grand Slam of Golf, onde arrasou a concorrência. Os prémios e os galardões, naturalmente, também os ganhou todos, batendo inclusive o recorde absoluto de média de scoring. Escreveu então a Sports Illustrated: “Foi  a melhor performance em toda a história do golfe.” E os números, naturalmente, estenderam-se igualmente ao campo financeiro. Só o contrato especial que a Nike lhe propôs nesse ano ascendeu a 105 milhões de dólares, valores até então nunca registados em nenhuma modalidade – e depois ainda vieram a General Motors e a Titleist, a General Mills e a American Express e a Accenture. Resultado: ganhos para toda a gente, mas mais ainda para a Nike, que subiu 600 milhões de dólares em vendas logo nesse ano, tornando-se na empresa americana em mais rápido crescimento. Pois é esse Tiger Woods que Johnny Miller diz poder estar de volta. Facto: em 2000 o californiano tinha, nesta altura da época, menos vitórias do que em 2013. Será mesmo possível suplantar o ano diabólico?

 

OS TRIUNFOS DE TIGER EM 2000

MAJORS

TORNEIO                             MÊS            RESULTADO                         VANTAGEM

US OPEN                                Junho            -12 (65-69-71-67=272)            15 pancadas

BRITISH OPEN                     Julho            -19 (67-66-67-69=269)            8 pancadas

PGA CHAMPIONSHIP        Agosto          -18 (66-67-70-67=270)            playoff

PGA TOUR

TORNEIO                              MÊS            RESULTADO                    VANTAGEM

Mercedes Championships   Janeiro          -16 (71-66-71-68=276)            playoff

AT&T Pebble Beach NPA    Fevereiro     -15 (68-73-68-64=273)            2 pancadas

Bay Hill Invitational            Março          -18 (69-64-67-70=270)            4 pancadas

Memorial Tournament        Maio            -19 (71-63-65-70=269)            5 pancadas

NEC Invitational                  Agosto          -21 (64-61-67-67=259)            11 pancadas

Bell Canadian Open            Setembro      -22 (72-65-64-65=266)            1 pancada

EUROPEAN TOUR

TORNEIO                            MÊS            RESULTADO                       VANTAGEM

Johnnie Walker Classic      Novembro  -25 (68-65-65-65=263)            3 pancadas

OUTRAS VITÓRIAS

WGC-World Cup (com David Duval)

PGA Grand Slam of Golf

GALARDÕES

PGA Player of the Year (PGA Of America)

PGA Tour Player of the Year (Jack Nicklaus Trophy)

Arnold Palmer Award (lista monetária do PGA Tour)

Vardon Trophy (melhor média de scoring do PGA Tour)

Byron Nelson Award (melhor média ajustada de scoring do PGA Tour)

Sports Illustrated Sportsman of the Year

Deixar um comentário