Justin Rose ganha US Open

Foi o primeiro major da carreira de Justin Rose. Quinze anos depois do quarto lugar no British Open que o anunciou ao mundo, ainda como um amador de apenas 17 anos, o inglês venceu finalmente “um dos grandes”. Foi no The Merion GC e depois de uma ronda final brilhante, em que resistiu aos ataques finais de Phil Mickelson e Jason Day. Rose foi o primeiro inglês a vencer o Aberto Americano desde Tony Jacklin, em 1970, e ascendeu à terceira posição do ranking mundial. Brilhante!

Justin Rose estragou a festa de 43º aniversário de Phil Mickelson. Em Dia do Pai nos Estados Unidos, o esquerdino começou o dia na liderança, mas chegou ao último buraco obrigado a fazer birdie para adiar a decisão para um play-off. Contudo, e já depois de ter atenuado o desastre inicial, marcado por dois duplos, com um eagle de fora no 10, mandou o seu tee shot para o rough da esquerda, com uma árvore a ficar na linha da sua bandeira. Impossível atacar o buraco, Lefty não conseguiu melhor do que ficar à entrada do green, à espera de novo shot miraculoso para sonhar com a vitória. Não o conseguiu – fez inclusive um bogey – e terminou mais uma vez – a sexta – no 2º lugar, com +3, a dois shots do campeão.

Já o inglês, que tinha terminado instantes antes e testemunhava pela televisão o que sucedia, celebrou efusivamente com a sua mulher, dedicando o triunfo ao seu pai, falecido em setembro de 2002, vítima de leucemia. “Aposto que esta vitória teve dedo dele”, disse Rose, que quando terminou a sua ronda, olhou e apontou para o céu, soltando uma lágrima.

Deixar um comentário