Tiger em busca do quarto British Open

Os melhores jogadores do mundo vão competir a partir de amanhã em Muirfield, no The 142nd Open Championship (British Open).

Tiger Woods, que venceu o último dos seus 14 majors no US Open de 2008, há mais de cinco anos, procura aqui mais uma oportunidade para se aproximar do recorde de 18 de Jack Nicklaus. “Algum dia vou tornar a vencer um”, disse o número 1 do mundo com um sorriso de orelha-a-orelha. O Tigre não joga desde que se lesionou num cotovelo no último US Open, mas diz que está completamente recuperado e pronto a lutar pela vitória. “O que vai fazer a diferença é um shot aqui ou ali. Um up-and-down chave ou um ressalto para o sítio certo, onde possamos capitalizar uma oportunidade”, vincou.

E Rory McIlroy terá uma palavra a dizer. Tiger garante. Depois de ter assumido uma relação com a tenista dinamarquesa Caroline Wozniacki, trocado de marca de equipamento no final da última época e perdido o número 1 depois de um início de temporada irregular, chovem críticas ao norte-irlandês.

“As pessoas especulam e analisam o que o Rory deve ou não fazer, mas ele sabe. Eu também já passei por isso e sei que ele está a ir no caminho certo”, disse.

Phil Mickelson, vencedor no passado domingo do Open da Escócia, também deu o seu apoio a McIlroy. “Apesar dele ser muito novo, já conquistou dois majors e sabe o que é preciso para lidar com a pressão. Ele é muito bom jogador para não dar a volta por cima. E não ficaria surpreendido se isso acontecesse esta semana”, afirmou Lefty.

Ernie Els, o último vencedor de um British Open em Muirfield (2002), vai defender o seu título, conquistado após o épico colapso de Adam Scott, campeão do Masters já deste ano. 

Deixar um comentário