BRITISH OPEN: americanos fortes no primeiro dia

Muirfield torna a provar-se o links mais aberto ao ball-striking. Top10 arranca com nove jogadores dos EUA, incluindo dois superveteranos.

Há dois jogadores do Champions Tour no top10 do 142º British Open, disputada que está a primeira jornada, e tanto eles como outro sete dos adversários nessas dez primeiras posições são americanos. Conclusão inevitável: o campo de Muirfield, como se esperava, vai privilegiar este ano a capacidade de manter a bola em jogo, independentemente das distâncias, e premiar no fim aquele que conseguir fazer a diferença no jogo curto, putting incluído.

O primeiro destaque vai necessariamente para Zach Johnson, líder isolado com -5. Mas os veteranos Mark O’Meara (56 anos), Tom Lehman (54), Miguel-Ángel Jiménez (49) e Todd Hamilton (47), três deles já vencedores do mais importante torneio europeu – só o espanhol nunca o ganhou –, estão também na luta pela vitória, desafiando as probabilidades. E a fechar o top10 há mais três nomes especialmente interessantes: Tiger Woods, número 1 do mundo; Phil Mickelson, que nunca ganhou a prova; e o jovem Jordan Spieth, que se qualificou à última hora.

Pela negativa, merecem destaque Rory McIlroy (+8) e Luke Donald (+9), ambos precisados amanhã de uma ronda superlativa para chegarem às jornadas de fim-de-semana. Louis Oosthuizen, Peter Hanson e Alexander Noren desistiram, por lesão. Zach Johnson, lá em cima, está na crista da onda: “Sinto-me bem, tanto com os tee shots como com os approaches. As condições são difíceis, mas isto é o British Open: é isso que se espera.”

 

BRITISH OPEN

POS. JOGADOR PAÍS RONDAS RES.
1 Zach Johnson EUA 66 – – – -5
T2 Rafael Cabrera-Bello Espanha 67 – – – -4
T2 Marc O’Meara EUA 67 – – – -4
T4 Miguel-Ángel Jiménez Espanha 68 – – – -3
T4 Dustin Johnson EUA 68 – – – -3
T4 Brandt Snedeker EUA 68 – – – -3
T4 Tom Lehman EUA 68 – – – -3
T4 Shiv Kapur Índia 68 – – – -3
T9 T. Woods, P. Mickelson, T. Hamilton, Á. Cabrera, J. Spieth e F. Molinari (-2)

 

Declarações:

“Eu sei que sou um velho jarreta. Mas o links não é para bombardeiros. Posso ganhar isto outra vez!”

Mark O’Meara

“Foi uma ronda dura, mas joguei bem. E o cotovelo está curado.”
Tiger Woods

“O meu swing desapareceu. Mas eu sei que ainda tenho os shots.”
Rory McIlroy

Deixar um comentário