Português ganhou World Kids no Algarve

O português Vitor Lopes, do CG de Vilamoura, venceu hoje a quinta edição do Oceânico World Kids, que se disputou nos percursos O’Connor e Faldo do Amendoeira Resort e reuniu 117 jovens de 15 países – Portugal, Inglaterra, Irlanda, Espanha, Bélgica, Noruega, Suécia, França, Holanda, Alemanha, Peru, EUA, Rússia, Eslováquia e Escócia.

Os mais jovens jogaram em stableford no O’Connor, enquanto os escalões superiores jogaram em stroke play no Faldo.

Vitor Lopes concluiu as três voltas com 218 (73-73-72), duas acima do par, sucedendo no título a Tomás Melo Gouveia (que disputou este ano apenas duas voltas), Gonçalo Pinto (campeão em 2010 e 2011) e Alexandre Carmo.

No segundo lugar ficou o espanhol Luís Vega com 228, recebendo o prémio do profissional português Ricardo Santos. Em 3º ficou o irlandês Daniel Cosgrove com 237.

Os 48 prémios foram distribuídos no final da terceira volta, seguindo-se o jantar de gala que reuniu todos os participantes e acompanhantes. Os jovens portugueses receberam 15 troféus, mas a maioria foi para a Grã-Bretanha (Inglaterra e Escócia) com 18.

A destacar hoje um hole-in-one, o primeiro no Oceânico World Kids, obtido pelo inglês Owen Meeds no buraco 13 do O’Connor, onde jogou um ‘pitch’.

Na entrega dos prémios esteve hoje o profissional Ricardo Santos, que teve uma pequena ‘amostra’ de quanto é já conhecido na Europa, ao ser rodeado pelos jovens de várias nacionalidades com pedidos de autógrafos.

Deixar um comentário