Júlio Magalhães junta-se a Ian Poulter via FedEx

O jornalista Júlio Magalhães, venceu sábado a 5ª Edição do FedEx Golf Challenge, com 68 pancadas net, tantas como as de Luis Figo, mas o diretor do Porto Canal foi mais certeiro nos últimos 9 buracos, o que fez a diferença no pódio.

Com esta vitória, Júlio Magalhães vai ter assim a oportunidade de jogar, uma volta de campo, com o britânico Ian Poulter, profissional da modalidade, prémio principal atribuído pela Rangel Expresso/FedEx nesta edição.

No final, Júlio Magalhães, destacou a organização do FedEx Golf Challenge enquanto melhor torneio de golfe no qual já participou, sublinhando o conceito criado pela Rangel Expresso/FedEx em torno da modalidade e a oportunidade de jogar com Ian Poulter.

“É de louvar esta ideia de estarmos juntos para nos divertirmos com o Golfe. Nunca tinha ganho nada até então, pelo que é um grande orgulho, não só pela classificação, mas em particular peça recompensa: uma volta com Ian Poulter. Admito que será um pouco constrangedor para ele, pois vai seguramente questionar-se como é que um jogador como eu ganhou um torneio de golfe! Vai ser um dia para recordar, sem dúvida”, comentou assim que recebeu o prémio.

A competição, que reuniu 51 participantes, teve lugar no Oceânico Victoria, em Vilamoura, levou ainda ao pódio Humberto Coelho como terceiro classificado, que terminou a prova com 69 pancadas net.

Recorde-se que esta final reuniu, também, os 21 melhores jogadores das seis fases de qualificação que decorreram entre os dias 10 de maio e 12 de julho em Belas, Cascais, Óbidos, Funchal, Espinho e Vidago, nas quais participaram mais de 300 jogadores.

De acordo com Eduardo Rangel, presidente do Grupo Rangel, empresa que representa a FedEx em Portugal, dada a atual conjuntura económica, tem sido difícil garantir a realização deste torneio ao longo dos últimos anos, mas tem sido compensador o esforço.

“Temos feito um grande esforço para manter o torneio face ao contexto socioeconómico, mas confesso que é muito compensador ver os jogadores felizes e orgulhosos de participar naquele que eles próprios assumem como o melhor torneio amador para se jogar em Portugal”, afirmou Eduardo Rangel no encerramento da final.

Recorde-se que este torneio surgiu em 2007 nos EUA e, desde aí, tem vindo a alargar-se a alguns países do mundo, entre os quais Portugal, onde se disputa desde 2009.

 

Deixar um comentário