Os 3 majors de Inbee Park

Uma coreana gordinha já igualou, e agora ameaça pulverizar, todos os recordes numa época só não apenas do golfe feminino, mas do golfe em geral. Inbee Park, 25 anos, ganhou os três primeiros majors do ano e está agora a “apenas” dois do feito inédito do Grand Slam. Mais ninguém, neste momento, exerce a sua dominância

Há um ano, parecia impossível. Yani Tseng, de Taiwan, controlava por completo o golfe feminino, de tal modo que apenas o domínio de Tiger Woods entre 1997 e 2008 poderia comparar-se-lhe, e nenhuma outra jogadora ousava fazer-lhe frente. Até que Tseng se eclipsou, em resultado (insiste a imprensa) de um súbito gosto por noitadas e delírios. Insinuou-se então uma sul-coreana gordinha, baixinha, tímida e fundamentalmente impenetrável: Inbee Park, na altura com 24 anos, residente nos Estados Unidos desde os 12. Começara a jogar golfe aos dez e apenas dois anos depois já os pais tinham tido de fazê-la atravessar o Pacífico, à procura de treinadores de topo. Até meados de 2012, porém, apenas ganhara por uma vez no LPGA Tour, de que era membro há já cinco anos (por sinal um torneio dos grandes, o US Women’s Open de 2008). Logo nos primeiros seis meses desse ano, conquistou mais dois: o Sime Darby LPGA Malaysia e o Honda LPGA Thailand. Como foram ambos disputados na sua Ásia Natal, porém, ainda ninguém a levou a sério. Até que, este ano, explodiu. Já ganhou por seis vezes, cinco das quais a contar para o circuito americano e três delas no Grand Slam: o Kraft Nabisco Championship, o LPGA Championship e o US Women’s Open (ou seja, tantos quantos foram disputados até agora). E o que começa a drapejar no horizonte é a possibilidade de um Grand Slam, o supremo feito da modalidade. Bobby Jones conseguiu-o em 1930, mas na altura o Grand Slam incluía o US Amateur e o British Amateur e, portanto, só era acessível a amadores. Tiger Woods também o namorou entre 2000 e 2001, ganhando os actuais quatro torneios seguidos, mas não no mesmo ano. Basicamente, é de uma conquista inédita na história da modalidade que agora se fala – e ainda por cima logo no primeiro ano do novo formato do Grand Slam feminino, que este ano passou a incluir o francês Evian Championbship. Portanto, três estão conquistados, agora faltam dois. O primeiro disputa-se no início de Agosto (Ricoh’s British Open), o segundo em meados de Setembro (o citado Evian Championbship). No essencial, é questão de Inbee manter do lado de cá do Atlântico a forma, o domínio e a impenetrabilidade que tem demonstrado do lado de lá. Para já, apenas Babe Zaharias, a mítica golfista/basquetebolista/atleta dos anos 1950, conseguira vencer três majors no mesmo ano, o que desde já garante à jovem coreana um imortal lugar na história. Quanto ao resto, as próximas semanas não deixarão dúvidas. “Estou a tentar fazer história”, diz Inbee. “É claro que, quando se está em campo, não se pode pensar nessas coisas. Mas teria um significado incrível eu ganhar o Grand Slam. E mais ainda havendo, pelo meio, uma passagem por Saint Andrews…” Precisamente: é para lá que vamos agora. De 1 a 4 de Agosto, na casa do golfe, Inbee tenta conquistar, em pleno British Open, a quarta manga da sua demanda.

 

A LOUCA DEMANDA DE INBEE PARK

MÊS                   TORNEIO                                            RESULTADO

Abril de 2013         Kraft Nabisco Championship           VITÓRIA

Junho de 2013        LPGA Championship                           VITÓRIA

Junho de 2013        US Women’s Open                                 VITÓRIA

Agosto de 2013     Ricoh’s British Open                                ?

Setembro de 2013 Evian Championship                              ?

OUTRAS VITÓRIAS EM 2013: Honda LPGA Thailand, North Texas LPGA Shootout, Walmart NW Arkansas Championship e Mission Hills World Ladies Championship (em equipa com Kim Ha-Neul)

Deixar um comentário