Royal Melbourne Golf Club: maltrapilho não entra

É um dos clubes mais exclusivos do mundo. Fundado em 1891 por Sir James McBain (presidente) e John Munro Bruce (capitão), pai do futuro primeiro-ministro Viscount Stanley, tem um dressing code rigorosíssimo e um implacável purismo nas suas tradições. Ambos os seus campos estão em todas as listas dedicadas aos melhores do mundo. Uma selecção dos melhores buracos dos dois, a que se chama Composite Course, é considerada pela imprensa norte-americana o sexto melhor traçado de golfe existente fora dos Estados Unidos e o melhor de todo o Hemisfério Sul. Foi precisamente essa combinação que, em 2011, recebeu a President’s Cup. Não é especialmente difícil visitá-lo (embora seja caro): basta estar em Melbourne, dispor de 375 dólares (ou 265 euros) para o greenfee de visitante ultramarino e conferir muito bem aquilo que se pode e não pode vestir, fazer e dizer. A lista está no site oficial.

ROYAL MELBOURNE GOLF CLUB

SITUAÇÃO: Melbourne, Victoria (Austrália)

INAUGURAÇÃO: 1891

ARQUITECTO: Alister MacKenzie (East Course) e Alex Russel (West Course)

FICHA TÉCNICA: 36 buracos (2 campos de 18 buracos)

MAIS INFORMAÇÕES: www.royalmelbourne.com.au; Telephone: +61 (03) 9598 6755; rmgc@royalmelbourne.com.au

Deixar um comentário