Martin Kaymer confirma Portugal Masters

Um ex-número um mundial, três vencedores no Grand Slam, sete jogadores do top 50 do ranking e 18 vencedores de torneio em 2013. Começou a contagem decrescente para o Portugal Masters

Martin Kaymer, nº1 mundial em 2011, acrescentou o seu nome na lista de inscritos do 7º Portugal Masters, que se realiza de 10 a 13 de Outubro, como sempre no campo do Oceânico Victoria, em Vilamoura. O alemão de 28 anos, cujo ponto somando no última dia da Ryder Cup de 2102, significou a retenção do troféu por parte da Europa, persegue no Algarve o seu primeiro título do ano no European Tour.

Esta foi a maior novidade na apresentação do mais importante torneio de golfe em Portugal, que decorreu ontem num hotel em Lisboa, com a presença Peter Adams, do European Tour, do presidente da PGA de Portugal, José Correia, e do presidente da Federação Portuguesa de Golfe, Manuel Agrellos. A ocasião foi aproveitada para a assinatura de um novo contrato de patrocínio por parte da Unicer.

Kaymer já terminou duas vezes o Portugal Masters no top 10 e em 2007 fixou o recorde do campo 61 (-11), sendo um dos três participantes que já venceu no Grand Slam (US PGA Championship de 2011), a par do espanhol Jose Maria Olazábal (Masters de 1994 e 1999) e do neo-zelandês Michael Campbell (US Open 2005), terceiro no Victoria em 2012.

O irlandês Shane Lowry está de volta para defender o título, enquanto outra estrela da Ryder Cup, Francesco Molinari, visita de novo um torneio em que por duas vezes se sagrou vice-campeão. Ainda da última selecção da Europa na Ryder Cup vem o belga Nicolas Colsaerts.

Ao todo, estarão presentes 18 jogadores que venceram torneios do European Tour em 2013, incluindo o jovem Matteo Manassero, campeão na prova-bandeira do circuito, o BMW PGA Championship. Manassero é um dos sete top 50 do ranking mundial presentes, tal como Kaymer, Molinari, o espanhol Jiménez, o dinamarquês Thomas Bjorn, o galês Jamie Donaldson e o inglês David Lynn.

Entre os campeões do torneio, além de Lowry, competem o espanhol Alvaro Quiros (2008), o australiano Richard Green (2010) e os ingleses Steve Webster (2007) e Tom Lewis (2011). Falta apenas o vencedor de 2009, Lee Westwood.

 

Santos tem estatuto, Figgy alimenta expectativas

O contingente português compõe-se de seis jogadores e tem em Ricardo Santos a sua figura de proa. Falamos do melhor caloiro do European Tour em 2012, actual 53º no ranking do circuito, com mais de €450 mil euros acumulados em prémios em 2013. E daquele que detém a melhor marca lusa do torneio – 16º lugar na edição passada.

“É um evento especial para mim, porque joga-se no meu país e no campo que represento. Conheço o percurso melhor do que os outros e tenho sempre muito público a apoiar-me. Vivo a dois minutos do campo e a minha é a respectiva directora de marketing ”, disse.

Parece incrível, mas um dia depois de ter acabado de competir no Open do Cazaquistão (foi 72º), já Pedro Figueiredo, de 22 anos, campeão nacional de profissionais estava na apresentação do Portugal Masters em Lisboa. Juntamente com Tiago Cruz, foi um dos dois ‘pros’ portugueses presentes entre os que competem na prova. Figgy terminou no top 30 do Masters em 2011 e 2012, ainda como amador, pelo que as expectativas são altas para este ano.

Filipe Lima, actual 6º no ranking do Challenge Tour, António Rosado e Hugo Santos completam o lote de profissionais da casa.

Deixar um comentário