Ricardo Santos de olhos postos na China

Sem lugar no exclusivo WGC – HSBC Champions, é certo que Ricardo Santos vai ficar mais longe do top-60 da Race to Dubai que vai disputar a final do European Tour. Isto porque não haverá cut no Sheshan International GC – todos os 78 jogadores presentes em Xangai ganham dinheiro –,e os antigos número 1 mundiais, Luke Donald (61º) e Rory McIlroy (62º), jogadores imediatamente à sua frente na hierarquia, integram o field. Tiger Woods e Adam Scott, respetivamente 1º e 2º do ranking mundial, serão os grandes ausentes na China, mas Phil Mickelson (3º), Henrik Stenson (4º), Justin Rose (5º) ou Rory McIlroy (6º) são candidatos fortíssimos a “roubar” o título a Ian Poulter. Destaque ainda para a presença de Filipe Lima no Dubai Festival City Challenge Tour Grand Final, restrito aos 45 primeiros do circuito.

Deixar um comentário