Silvia Ibañez vence Internacional de Portugal

Natural de Alicante, Silvia Banon Ibañez, de 21 anos, liderou do principio
ao fim no Montado para ganhar com a vantagem mínima sobre a inglesa
Gabriella Cowley. Natalia Escuriola, a mais cotada em prova, 22ª no
ranking mundial amador feminino, subiu ao último degrau do pódio.

Ibañez, 249ª no ranking, tinha partido para a última volta ao campo do
Montado Hotel & Golf Resort empatada na frente com a compatriota Luna
Sobron, 24ª no ranking mundial, ambas com um total de 6 abaixo do par 72 e
com cinco pancadas de vantagem sobre um quinteto de jogadoras com -1.
Ibañez não precisou de fazer melhor do que 75 a fechar para levar de
vencida a concorrência, já que Luna Sobron finalizou, por sua vez, com um
79.

Nenhuma das cincos jogadoras que seguiam no grupo das terceiras
classificadas conseguiu aproveitar as prestações infelizes das duas
primeiras, e foi a inglesa Gabriella Cowley, vinda do oitavo lugar
isolado, que saiu de Palmela com o título de vice-campeã, graças a um
score de 70. Natalia Escauriola fez 72 para acabar sozinha em terceira e
Luna Sobron foi quinta empatada com a italiana Virginia Carta (74).

Ibañez totalizou 285 (69-69-72-75), 3 abaixo do par, contra as 286 de
Gabriella Cowley (71-74-71-70). Escuriola perfez 287 (74-70-71-72) e a
inglesa Inci Mehmet foi quarta com 288 (70-71-74-73). A prova contou com
90 participantes e teve um cut após a terceira volta, para as 40 primeiras
e empatadas, e que não deixou nenhuma portuguesa em prova.

Na entrega de prémios, foram ainda distinguidas Natalia Escauriola, Luna
Sobron e Ainhoa Olarra, que constituíram, em representação da primeira
equipa de Espanha, o trio vencedor da Taça das Nações, disputada nos três
primeiros dias do Internacional, num formato de jogo em que se
aproveitavam os dois melhores scores diários de cada conjunto. Espanha I
venceu com 425 pancadas (-7), o que lhe deu a margem mínima sobre Espanha
II. A Escócia foi terceira. Participaram 16 equipas.

Deixar um comentário