Sean Hawker vence no PGA Portugal Tour

O profissional Sean Hawker conquistou hoje (terça-feira) o seu primeiro título no PGA Portugal Tour, no Optilink PGA Open, o torneio de 6 mil euros em prémios monetários, realizado no Onyria Palmares Beach & Golf Resort, no Algarve.

O português de origem inglesa, de dupla nacionalidade, assegurou o prémio principal de 1.100 euros, ao dominar por completo o evento que abriu o PGA Portugal Tour de 2014.

Depois de partilhar a liderança da 1ª volta com o amador Vítor Lopes, ambos com 68 pancadas, 4 abaixo do Par, Sean Hawker assegurou a vitória com uma 2ª ronda em 69 (-3), batendo por 4 o amador João Carlota (70 e 71), o outro único jogador a bater por duas vezes o Par-72 do campo. Carlota tinha sido 5º no ano passado.

O 3º lugar (-2) foi para Tiago Cruz, o actual vice-campeão nacional, com cartões de 69 e 73, enquanto Vítor Lopes foi 4º (-1), com voltas de 68 e 75. Hugo Santos, o nº1 da Ordem de Mérito da PGA de Portugal em 2013, fechou o top-5 (Par), após duas voltas de 72.

Sean Hawker foi um dos mais promissores golfistas portugueses e só não representou Portugal nas selecções nacionais porque, apesar de ter nascido e residido sempre no Algarve, levou muitos anos a conseguir juntar a nacionalidade portuguesa à inglesa dos seus pais e avós.

«Já tenho cartão do cidadão desde os 19 anos», disse o algarvio de 25 anos. Mas há três anos e meio, quando já aparecia entre os primeiros nos torneios do PGA Portugal Tour, sofreu uma lesão no pulso direito que se tornou crónica, impossibilitando-o de competir com regularidade.

«Estava a ter resultados muito bons e a divertir-me a sério. Fiquei mal, levei muito tempo a admitir que não iria competir profissionalmente», explicou. Agora, para além de ajudar a gerir a empresa Golf for Greys, fundada pelo avô, tornou-se treinador de golfe «em Novembro, no Morgado do Reguengo», no Algarve.

Deixar um comentário