«Da primeira vez tive alguma sorte»

Bubba Watson repetiu no Masters Tournament a vitória de 2012, mas desta vez com conforto. Jordan Spieth e Jonas Blixt ocuparam-se do brilharete.

Foi um back-nine rotineiro e quase enfadonho, aquele que, no domingo à tarde, conduziu à segunda vitória de Bubba Watson no Masters de Augusta. Campeão em 2012, o esquerdino da Florida (EUA) esteve duas pancadas atrás do jovem compatriota Jordan Spieth, de 20 anos, mas ultrapassou-o ainda antes do fim do front-nine e nunca mais foi pressionado, acabando por vencer com três de avanço.

“Esta vitória é especial. Da primeira vez, tive alguma sorte”, exultou no fim. “Não jogo para me dizerem se jogo bem ou se sou um dos melhores. Jogo porque amo o jogo e porque ele me deu tudo aquilo que tenho. Estou há nove anos no circuito, ganhei seis vezes e duas delas deram-me o casaco verde. Nunca esperei tanto. É arrebatador!”, acrescentou, já depois de Adam Scott, vencedor de 2013, lhe vestir o casaco.

Com a auto-exclusão de sucessivos adversários de primeira linha, de que o americano Matt Kuchar e o espanhol Miguel-Ángel Jiménez foram os últimos a derrocar, coube a Spieth e ao sueco Jonas Blixt, de 29 anos, as honras da luta na frente. Mas o americano não fez qualquer birdie no back-nine, enquanto Blix só arrancou um, transformando a caminhada de Watson em direcção à vitória em pouco mais do que um passeio no parque.

Bubba junta-se a Ben Hogan, Byron Nelson, Tom Watson, Seve Ballesteros, Ben Crenshaw, Jose Maria Olazabal, Bernhard Langer e Horton Smith na galeria de bicampeões do Masters. Mais casacos verdes do que eles, só ganharam Jack Nicklaus (6), Arnold Palmer e Tiger Woods (4), Jimmy Demaret, Sam Snead, Gary Player, Nick Faldo e Phil Mickelson (3).

O próximo major de golfe é o US Open, que se joga de 12 a 15 de Junho na Carolina do Norte.

Deixar um comentário