Mas este homem não acaba?!

Em 2013 parecia ter estabelecido um recorde de veterania entre vencedores do European Tour absolutamente imbatível. Entretanto conquistou um quarto lugar no primeiro major da temporada (The Masters) e ganhou o seu torneio de estreia no norte-americano Champions Tour. Agora, tornou a subir a fasquia da veterania, ainda por cima ganhando em casa. Não há igual a Miguel-Ángel Jiménez

Deixar um comentário