Afinal, Tiger defronta Rory ou não?

Depois de vencer os seus últimos dois torneios e regressar à liderança do ranking mundial, Rory McIlroy surge naturalmente como principal favorito a conquistar o PGA Championship, que se disputa a partir de amanhã. O norte-irlandês, que venceu a prova em 2012, chega ao Valhalla GC motivado pela exibição no British Open, à que se seguiu outra ainda mais entusiasmante no Firestone CC para somar o seu primeiro título num World Golf Championship.

Mas Rors, que com apenas 25 anos está a apenas um Masters de fazer um Grand Slam de carreira – só Jack Nicklaus e Tiger Woods o conseguiram tão jovens –, recusa ser um novo dominador do golfe mundial. “As pessoas estão desejosas por ver alguém voltar a dominar o jogo como fez Tiger”, disse. “É verdade que fiz bons resultados e tenho jogado bem nos últimos meses, mas recentemente também passei por maus bocados”, acrescentou, numa alusão às críticas a que foi sujeito no início de 2013. “Mas estou, obviamente, satisfeito como me tenho exibido e espero manter-me assim durante o tempo que for possível”, sublinhou.

Quem também parece que vai jogar o último major do ano é Tiger Woods. O americano, que esteve de férias no Algarve, foi forçado a abandonar o Bridgestone Invitational no domingo depois de se ressentir de uma lesão nas costas. Muito se especulou acerca da sua participação, mas apesar de ainda sentir algumas dores, o Tigre fez questão de desafiar os seus limites e jogar a volta de treino. Mas até à hora de saída, a dúvida vai manter-se.

Deixar um comentário