Fim-de-semana explosivo

Chris Williams lidera em Vidago

Chris Williams esteve imparável nos greens e assumiu hoje a liderança do Senior Open de Portugal. O sul-africano entregou um cartão de 63 pancadas (-9) ao Vidago Palace e tem três shots de vantagem sobre os ingleses Gary Wolstenholme e Carl Mason, 25 vezes vencedor no European Senior Tour, entre as quais duas no Estoril (2003 e 2006). O português José Dias assinou um 82 (+10).

Lima continua, Santos borrega

Ricardo Santos (+3) falhou o cut do KLM Open, na Holanda, mas Filipe Lima (-3) arrancou uma segunda volta de 67 pancadas e é agora 22º classificado. Ambos se encontram fora das posições de renovação do cartão do European Tour, embora Santos em condições menos difíceis. Lima pode melhorar – e, no limite, resolver – a sua situação este fim-de-semana. 

Billy Horschel lidera de novo

Billy Horschel (-8), que na semana passada venceu o BMW Championship, é o novo líder do Tour Championship e, na classificação projectada, o virtual vencedor da FedEx Cup 2014.  Mas Rory McIlroy, número 1 do mundo, arrancou um espectacular -5 e é agora segundo (terceiro na projecção anual). Prevê-se um fim-de-semana de nervos na Geórgia (EUA).

Tomás Silva brilha no Japão

Depois de duas excelentes rondas inaugurais por parte de João Carlota, agora foi Tomás Silva quem brilhou no Campeonato do Mundo Amador das Nações, que atribui o mítico Troféu Eisenhower. Em Karuizawa (Japão), o jogador do Estoril fez 68 e igualou as melhores rondas portuguesas de sempre na competição. Por equipas, Portugal é o 39º classificado.

Deixar um comentário