Europa vence Ryder Cup

Jamie Donaldson fez um approach brilhante no buraco 14, Keegan Bradley concedeu o buraco para uma derrota 5&3 e a Europa garantiu os 14,5 pontos necessários à vitória na Ryder Cup, cuja retenção o próprio Donaldon já havia assegurado no buraco anterior. Os europeus sofreram nas rondas de fourball, mas arrasaram nos foursomes (sete pontos em oito) e ainda ampliaram a vantagem nos singles. Uma vitória prevista, natural, mas profundamente festejada pelo público de Gleneagles. O golfe volta a dar uma lição a todo o continente: afinal, em que outra modalidade desportiva, sector da economia ou da política, actividade artística ou cultural, escola intelectual ou desafio geopolítico – em que outro momento a Europa é tão evidentemente um projecto, um motivo de euforia e uma identidade?

Deixar um comentário